Hostel

A internet está cada vez mais importante já que, enquanto espero o dinheiro do CNPq chegar e espero meu estágio começar, não tenho muito o que fazer da vida. Férias sem dinheiro, dá internet né? Tá, vai lá, a gente até vai passear as vezes mas there is only so much you can do without money.

Inspirada por um post no FB, resolvi fazer um post totalmente alternativo e falar sobre albergues. O que são, como começaram, etc. A idéia principal é:

“Hostels provide budget-oriented, sociable accommodation where guests can rent a bed, usually a bunk bed, in a dormitory and share a bathroom, lounge and sometimes a kitchen. Rooms can be mixed or single-sex, although private rooms may also be available. Hostels may include a hot meal in the price.”

O fundador do movimento alberguista foi o professor alemão Richard Schirrmann que acreditava na aprendizagem por observações diretas, levando seus alunos em excursões e caminhadas. Como esses passeios às vezes levavam dias, eles precisavam achar acomodação ao longo do caminho de forma barata. Foi durante um passeio em 1909, no meio de uma tempestade, que a idéia veio.

“As escolas na Alemanha poderiam muito bem serem usadas para fornecer alojamento durante os feriados. Aldeias poderiam ter um albergue da juventude aconchegante, situado a um dia de caminhada de cada um dos outros, para acolher jovens viajantes.”

Foi então fundado o movimento mundial de Albergues da Juventude. O primeiro albergue surgiu em 1912 na cidade de Altena – Alemanha. O prédio original era um castelo (foto ao lado), o qual foi restaurado e equipado de acordo com as idéias de Schirrmann. Imagina ficar em um lugar desses ai?

Em 1932 foi realizada a primeira conferência internacional, contando com a participação de 11 associações alberguistas. Foi o marco do nascimento da Federação Internacional de Albergues da Juventude (a Hostelling International, HI). Quem possui a carteirinha HI tem descontos em todos os albergues da rede, que costumam ser mais caros mas também melhores por se submeterem a um padrão de qualidade mínimo exigido.

O conceito de albergue chegou no Brasil na década de 60.Em 1971 o Brasil criou a Federação Brasileira dos Albergues da Juventude e começou a fazer parte do Movimento Alberguista. Sua missão é promover o intercâmbio cultural, algo que muitas pessoas que ficam em albergues procuram, mais ainda que o menor preço (às vezes, hostel nem é mais barato que hotel). Vejam mais aqui.

Filosofia: “Nossa filosofia é que jovens de todo o mundo conheçam, através do Hostelling International, países, cidades, culturas e costumes diferentes e aprendam a respeitar as peculiaridades de cada povo e a conviver em sociedade, contribuindo para formação do jovem. Os hostels prezam pelo espírito de amizade, o sentimento de solidariedade e o desejo de viajar. Ser alberguista é sobretudo amar a liberdade, dignificar a convivência humana e o respeito. O sucesso do alberguismo repousa na Missão e na filosofia que estão enraizadas no movimento”.

Missão: “Fomentar a educação de todos os jovens de todas as nações, especialmente os de recursos limitados, estimulando neles um maior conhecimento, afeto e cuidado com a natureza, assim como um conhecimento dos valores culturais das cidades, tanto grandes como pequenas, de todas partes do mundo, e, como meio para alcançá-lo, oferecer albergues ou outra classe de alojamento nos quais não existam distinções de raça, nacionalidade, cor, religião, sexo, classe social nem opiniões políticas, para que possam chegar assim a compreender melhor os seus semelhantes, tanto em seu próprio país, como no estrangeiro”.

Qual é a maior diferença de um hotel para um hostel e por que alguém escolheria o hostel? Em geral, hostels possuem preços mais acessíveis (considerando quartos compartilhados) e muitos possuem programas para trocas de livros, DVDs e outros. O ambiente é menos formal que o de um hotel e os hóspedes são mais independentes (geralmente) em um hostel, tendo acesso a uma cozinha para preparar as próprias refeições e afins. Hostel geralmente possuem áreas comuns para que possam ter contato com outros viajantes.

Com certeza os quartos compartilhados levam à uma maior socialização mas também menos privacidade e, em alguns casos, segurança. Quando fico em um albergue, evito quartos mistos e sempre deixo a mala trancada a 7 chaves. Meu celular dorme agarrado comigo.

Uma pesquisa realizada pela Federação Brasileira dos Albergues da Juventude mostrou os melhores albergues do Brasil, levando em consideração a opinião de turistas nacionais e estrangeiros. Eis a lista:

1° – Jeri Brasil Hostel (Jericoacoara – CE) – www.jeribrasil.com.br

2° – Pipa Hostel  (Praia de Pipa – RN) – www.pipahostel.com.br

3° – Tribo Hostel (Ubatuba – SP) – www.ubatubahostel.com

4° – Hostel Chapada (Lençóis – BA) – www.hostelchapada.com.br

5° – Arraial D’Ajuda Hostel (Arraial d’Ajuda – BA) – www.arraialdaajudahostel.com.br

6° – Lua Cheia Hostel (Natal – RN) – www.luacheia.com.br

7º – Barra da Lagoa Hostel (Florianópolis – SC) – www.floripahostel.com.br

8º – Praia do Forte Hostel (Mata de São João – BA) – www.albergue.com.br

9º – Curitiba Eco Hostel (Curitiba – PR) – www.curitibaecohostel.com.br

10º- Itacaré Hostel (Itacaré – BA) – www.itacarehostel.com.br

 Da lista, só posso opinar a respeito do número 6, Lua Cheia Hostel. Com certeza, é um dos melhores albergues que já fiquei, senão o melhor. Não é só o atendimento não, mas todo o conceito do albergue. Ele imita um castelo, com diversas áreas de convivência para que haja uma enorme interação entre viajantes. Vejam as fotos:

Essa mesa de refeições realmente é bem legal. O albergue fornece um café-da-manha bem completo e com isso agrega diversas pessoas antes delas saírem para seus passeios.

 Mas a parte mais interessante com certeza é a área central. A foco mostra a realidade, não é truque de câmera nem Photoshop.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s